Atenção, servidores (as) do Ministério da Saúde!

O SINDSEP-MG recebeu informação do Ministério da Saúde de que cerca de 25% dos servidores não está enviando a folha de frequência e que, a partir do próximo mês o pagamento será cortado para aqueles que estiverem em situação irregular.

O Ministério afirma estar entrando em contato com os (as) servidores (as) que estão nessa situação. Para o Sindicato a forma de atendimento do Ministério da Saúde ao servidor (a) é insuficiente, pois não está havendo atendimento presencial no órgão, o que dificulta ainda mais a comunicação do servidor (a).

O Ministério da Saúde deve criar um canal de comunicação eficiente para que os servidores não sejam prejudicados. Além disso, é obrigação do Ministério da Saúde cobrar dos gestores – municipais ou estadual – os documentos que garantem a comprovação do ponto do (a) servidor (a), conforme convênio assinado com estado e municípios.

O SINDSEP-MG reforça ainda a importância do envio da folha de frequência, pelo (a) servidor (a) para evitar o corte do pagamento, além de acompanhar se a folha de frequência está sendo encaminhada pelos Gestores, Gerência Regional de Saúde (GRS) e municípios ao Órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 + nove =