INSS alerta para possíveis golpes envolvendo a revisão de benefícios

A possibilidade de revisão da aposentadoria tem sido utilizada por golpistas para roubo de dados de segurados do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). Segundo o órgão, os golpistas enviam carta, e-mail, telefonema ou mensagem de celular para obter informações do usuário. Para evitar que isso ocorra, o INSS listou uma série de cuidados a serem tomados. Além disso, acrescentou que nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos.

No caso de ser tarde demais e o golpe já ter ocorrido, é indicado o registro do  Boletim de Ocorrência na delegacia. É necessário também informar ao Órgão pela ouvidoria na internet, em https://falabr.cgu.gov.br/, ou pelo telefone 135.

Para evitar cair em golpe

– Mantenha seus dados de contato atualizado: telefone, e-mail e endereço. Isso pode ser feito pelo Meu INSS ou pelo telefone 135;

– Caso alguém faça qualquer contato pedindo dados ou fotos em nome do INSS, não atenda a solicitação, desligue a ligação e denuncie o contato;

– O INSS nunca entra em contato direto com a pessoa para solicitar dados, nem pede o envio de fotos de documentos;

– O número do SMS usado pelo INSS para informar os cidadãos é 280-41. O INSS nunca manda links nem pede documentos pelo SMS;

– A pessoa deve utilizar apenas os canais oficiais de atendimento para cumprir qualquer solicitação do INSS, seja para agendar um serviço, seja para entregar algum documento: aplicativo/site Meu INSS ou agência da Previdência Social (com agendamento);

– Quando alguém liga para o telefone 135 ou é atendido pelo chat Helô, o atendente pode pedir algumas informações. Esse é um procedimento de segurança para confirmar a identidade de quem telefonou ou acessou o chat.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 2 =