Presidente do Senado quer desidratar PL da Enfermagem

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), quer desidratar o Projeto de Lei (PL) nº PL 2564, que estabelece o piso nacional dos profissionais da Enfermagem, e mudar a proposta retirando reivindicações e lutas históricas da categoria  como a jornada de 30 horas e o piso nacional.

Em reunião realizada no dia 21/06, com um grupo de senadores, Pacheco afirmou que iria convidar representantes da categoria para apresentar uma proposta totalmente diferente da defendida por entidades que lutam por direitos da categoria.

Diante desse ataque é necessário que a categoria aumente a mobilização e a luta pela aprovação do PL 2564. Se aprovado, o projeto beneficiará 2,4 milhões de enfermeiros, enfermeiras, auxiliares, técnicos e técnicas de enfermagem, e parteiras, sendo 781,4 mil deles contratados pelas prefeituras.

Carta pede aprovação na íntegra

Uma carta-manifesto será enviada ao presidente e ao vice-presidente do Congresso, para que coloquem em votação de imediato o PL 2564 na íntegra. O projeto já tem votos suficientes para ser aprovado.

É, no mínimo absurdo que o Senado queira modificar o PL 2564. O Congresso Nacional tem de reconhecer a importância desses profissionais, que todos os dias arriscam suas vidas na linha de frente do combate ao novo Coronavírus no Brasil.

Jornada de 30 horas e piso nacional já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =