Servidores devem se engajar na campanha Cancela a Reforma Já

Servidores públicos de todo o país devem se unir e engajar na campanha Cancela Reforma, lançada pela Condsef/Fenadsef, em conjunto com o SINDSEP-MG e demais entidades filiadas.  A campanha, contrária à proposta de reforma Administrativa do governo Bolsonaro, está disponibilizando uma série de materiais didáticos no site da Condsef/Fenadsef (www.condsef.org.br) para que todos possam entender os perigos da PEC-32.

É de fundamental importância que os servidores estejam cientes de que esta reforma irá prejudicar os serviços públicos e as políticas públicas que beneficiam a todos os brasileiros e brasileiras.

A proposta de Bolsonaro/Guedes representa um verdadeiro retrocesso às conquistas do funcionalismo público e do próprio povo brasileiro. Ela tem como objetivo retirar mais recursos do setor público, acabar com a estabilidade dos trabalhadores e ocupar os cargos públicos com apadrinhados dos governos, promovendo a corrupção no setor. Com o fim da estabilidade, os servidores ficarão reféns dos chefes de plantão. Já o fim do concurso público impossibilitará a garantia de qualificação adequada do trabalhador do setor público. A extinção dos atuais planos de carreiras trará um prejuízo para os atuais e futuros servidores, além dos próprios aposentados.

Pressão

Os servidores podem acessar o site Na Pressão (www.napressao.org.br) que disponibiliza canais de comunicação com deputados e senadores. No site, o servidor deve acessar a campanha Diga não à Reforma Administrativa e mandar mensagens para que os deputados federais rejeitem a proposta. O passo a passo é muito simples. Ao acessar a campanha, o servidor pode mandar seu recado pelo WhatsApp, e-mail ou telefone. Participe da luta e pressione os parlamentares para que votem NÃO à Reforma Administrativa.

 Os servidores podem pressionar pela não aprovação da reforma administrativa de outras formas: Participar da enquete da Câmara dos Deputados e votar na opção Discordo Totalmente.

Você já votou no site da Câmara contra a Reforma Administrativa (PEC 32/20)?

VOTE DISCORDO TOTALMENTE

https://forms.camara.leg.br/ex/enquetes/2262083

Por mais e melhores serviços públicos!

NÃO À REFORMA ADMINISTRATIVA

Debate na Câmara

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) na Câmara dos Deputados continua debatendo a constitucionalidade da PEC-32. A inconstitucionalidade da PEC 32/20 é apontada por diversos parlamentares e especialistas técnicos já ouvidos em audiências que vêm sendo realizadas pela CCJ. Além disso, vários deputados estão questionando a urgência da sua tramitação e cobrando a suspensão da análise pelo Congresso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 15 =