Ordem bancária garante salário de servidores com contas no Sicoob

A pedido da Condsef/Fenadsef, o Ministério da Economia informou que uma ordem bancária assegurou o depósito dos salários de cerca de 1.800 servidores com conta no Sicoob que tiveram seus proventos retidos por problemas cadastrais.

Entretanto, esses servidores tem somente até a próxima 2ª feira, dia 12/04, para efetuar as alterações exigidas pela Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), via Sigepe. De acordo com o governo as mudanças foram comunicadas há cerca de um ano e, dessas, cerca de 1.800 tiveram esse problema. Em Minas Gerais, foram confirmados três casos de servidores que tiveram problemas com o pagamento.

Procedimentos

Além de ter que realizar a abertura de uma conta salário no Sicoob, os servidores devem informar a alteração dos dados bancários através de um módulo de requerimentos do Sigepe. DGP encaminhou por email um passo a passo para a realização do procedimento. As informações estão disponível no Catálogo de Serviços Corporativos do Ministério da Economia, na opção “Alterar dados bancários no Siape”.

Depois de enviar o requerimento, o servidor deverá ainda entrar em contato com a Central de Atendimento de Pessoal (CAPE) e informar pelo email [email protected] que a solicitação de alteração foi realizada.

É importante que os servidores que ainda não fizeram esse recadastramento entrem em contato imediatamente com o Sicoob e resolvam sua situação também no Sigepe. De acordo com o Ministério da Economia não há previsão para ampliação do prazo de recadastramento que termina no dia 12/04, 2ª feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze − onze =