Nota de Repúdio – Chega de “mimimi”, Bolsonaro!

No momento em que o Brasil caminha para a triste marca de 300 mil mortes por covid-19, o presidente Jair Bolsonaro desfere ataques contra o próprio povo, debochando de recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), como o distanciamento social, e desprezando a gravidade de uma pandemia que tem levado milhões de famílias ao mais profundo sofrimento.

Bolsonaro, com seu habitual deboche e descaso, chamou de “frescura” e “mimimi” as determinações de fechamento de atividades não essenciais para contenção do vírus.

Repudiamos mais esse ataque do presidente. É ele – que não controlou o coronavírus e não assegurou o sustento econômico das famílias – que precisa parar com o “mimimi”. Com Bolsonaro, o Brasil caminha para um abismo sem precedentes: sem o auxílio, sem saúde, sem educação, sem emprego, sem direitos! Bolsonaro abandonou o povo brasileiro à própria sorte. Isso sem falar do atraso na vacinação e do descontrole da disseminação do vírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 15 =