Reunião ampliada da Ebserh define dia 1º de março como Dia Nacional de Lutas

No dia 09/02 foi realizada uma reunião ampliada com as entidades que representam os trabalhadores da Ebserh para discutir o processo de mediação no Tribunal Superior do Trabalho (TST) e definir estratégias de luta/mobilização a fim de impedir a retirada de direitos pretendida tanto pela empresa quanto pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST).

Durante a reunião, as entidades foram unânimes em afirmar que a categoria não pode ficar aguardando o processo de mediação no TST, como vem ocorrendo todos os anos nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). A empresa “empurra as negociações com a barriga” durante todo o ano, até o limite e assim força a mediação no TST.

 Construção do Processo de Mobilização

Durante a reunião foi aprovada a construção de um processo de mobilização da categoria, com a organização de um Dia Nacional de Lutas em defesa do ACT, sem retirada de direitos e pelo avanço nas negociações.

O Dia Nacional de Lutas será realizado no dia 1º de março, data-base dos (as) trabalhadores (as) da Ebserh. Neste dia, serão realizadas lives, campanhas nas redes sociais, além de atividades presenciais nos locais de trabalho dialogando com a sociedade e denunciando a situação enfrentada pelos (as) trabalhadores (as) da Ebserh.

Ficou definida também a realização de uma reunião preparatória com as Assessorias Jurídicas das entidades antes da próxima reunião no TST, para definir a proposta do Tribunal referente à possível prorrogação do ACT. Além disso, uma plenária unificada entre os dias 03 e 05 de Março, para analisar o dia nacional de luta e organizar os próximos passos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + dezoito =