Condsef solicita que TST convoque Ebserh para assinatura de acordo que garante reajuste aos trabalhadores

No dia 06/04, a Condsef/Fenadsef enviou requerimento à Vice-presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) em que solicita que o referido Tribunal convoque a Ebserh e as demais entidades representativas dos trabalhadores para assinatura do acordo aprovado no mês de fevereiro.

A Vice-presidência do TST ainda tentou marcar mais uma nova rodada de negociações, mas tanto a empresa quanto a Condsef/Fenadsef tem a mesma posição: não há porque haver nova negociação se a proposta já havia sido acatada. Agora é somente assinar o acordo e garantir o pagamento de reajuste de 3,9% aos trabalhadores da Ebserh, com efeitos retroativos a 1º de março de 2019.

No dia 18/02, foi realizada uma reunião, na Vice-presidência do Tribunal Superior do Trabalho (TST), quando foi acordado entre as partes – empresa e entidades representativas dos trabalhadores – o julgamento antecipado do dissídio referente ao Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) 2019/2020.

Os trabalhadores em todas as unidades da Ebserh no país acataram a proposta do Tribunal, desde que a empresa prorrogasse a vigência de todas as cláusulas sociais (do ACT 2018/2019) por 90 dias. Tal proposta foi acatada tanto pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) quanto pela Ebserh.

 

Vitória

A assinatura do acordo é uma vitória dos trabalhadores da Ebserh cujas negociações se arrastavam desde 2019. É o resultado da luta da Condsef/Fenadsef em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras da Ebserh – que atualmente se encontram na linha de frente do combate à pandemia do coronavírus em todo o país.

Vale lembrar que as negociações do ACT 2020/2021 começaram em março, mas foram suspensas em razão da pandemia do coronavírus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − seis =